Tradutor do Blog

sábado, 19 de novembro de 2016

O DIABO INAUGURA IGREJA NA TERRA, FILME PRODUZIDO PELA GLOBO






















No filme, o Diabo (Murilo Rosa) decide abrir sua própria igreja na Terra para conquistar seguidores. Nela, os pecados são virtudes e devem ser estimulados.

As organizações Globo da família Marinho, continua a zombar dos valores cristãos; além da forte apologia a assuntos que ainda são tabus na sociedade brasileira e a degradação moral em suas produções (novelas e seriados) agora, está prestes a lançar a mais uma, o filme: "A comédia divina", adaptação de "A igreja do diabo"  de Machado de Assis. 

Globo Filmes, uma ramificação da Rede Globo, pretende lançar no primeiro semestre de 2017 o longa “A Comédia Divina”, segundo informou a revista 'Quem Acontece'.

No filme, Murilo Rosa interpreta o diabo, que está preocupado com sua baixa popularidade e por isso decide abrir sua própria igreja na Terra. Para conquistar seguidores, ele lança as bases de sua doutrina, onde os pecados são virtudes e devem ser estimulados.

Para atingir seus objetivos, ele pretende se apoderar de uma emissora de TV, empregando a repórter Raquel – personagem de Monica Iozzi, que vê sua carreira decolar ao conseguir entrevistá-lo.

Com espaço na televisão, o Diabo passa a apresentar um talk show chamado “Satã Night show”, que tem como principal atração “queimar pessoas ao vivo”.

Além disso, o Diabo faz visitas a Deus (Zezé Motta) para falar sobre os homens — um assunto de interesse de ambos. Na forma de uma mulher negra, Deus aconselha seu inimigo durante o roteiro: “Os homens não são fiéis, filho. Por isso criei o cachorro!”

Ao contrário do que o título propõe, o filme não tem relação com “A Divina Comédia” de Dante Alighieri, mas com outra obra literária, o conto de Machado de Assis “A Igreja do Diabo”.

O roteiro, escrito por José Roberto Torero, Marcos Aurelius Pimenta, Caroline Fioratti e Toni Venturi, também conta com Thiago Mendonça, Juliana Alves, Dalton Vigh, Thogun Teixeira, e Débora Duboc no elenco.


Distorção...

Nos Estados Unidos, uma série composta por uma proposta parecida com a do filme brasileiro gerou o protesto de milhares de pessoas. Exibida pela Fox, a série “Lúcifer” retrata o Diabo como um bom rapaz, que cansou do inferno e decidiu inaugurar uma casa de shows em Los Angeles.

Uma petição aberta nos sites The American Family Association e One Million Moms afirmou que o programa zomba da Bíblia. “O programa descaracteriza Satanás, se afasta dos verdadeiros ensinamentos bíblicos sobre ele e retrata de maneira imprecisa as crenças da fé cristã”, disse a petição. “Ao colocar esta série no ar, a Fox está desrespeitando o cristianismo e zombando da Bíblia”, conforme está sendo feito pela TV Globo. (Com informações do G1 e Guiame)

E no Brasil, teremos a mesma reação, principalmente por parte dos cristãos? É esperar para ver...


ASSISTA O TRAILER:



***
(Postado por: MARCOS MARCELINO)

     Fonte:








Nenhum comentário:

Postar um comentário