Tradutor do Blog

domingo, 2 de fevereiro de 2014

NÃO FUJA. ONDE HÁ ARREPENDIMENTO, HÁ PERDÃO



   “E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim.”  

Amados de Deus em Cristo Jesus,

Graça e Paz!


O pecado é algo com o qual temos que aprender a lidar, segundo o ponto de vista certo, o de Deus!
Todos estamos sujeitos a pecar, e cada um sabe muito bem onde geralmente tropeça, e com qual frequência; é uma luta constante para não se entregar, mas resistir o mal.
Nesta ocasião Adão e Eva haviam desobedecido à voz de Deus, haviam provado do único fruto que Deus não lhes havia permitido de consumir: o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Por consequência, pecaram ao comer deste fruto, seus olhos foram abertos e perceberam que estavam nus.
A primeira reação que tiveram foi o medo! Ao ouvir Deus se aproximar eles se esconderam de puro medo da Presença de Deus.
Amado(a), seja o que for que você tenha feito, por saber que você pecou, sua primeira reação foi provavelmente se afastar da Presença de Deus, por exemplo, se afastando da igreja onde você congrega; ou mesmo evitando estar próximo de irmãos em Cristo, até mesmo amigos que também temem a Deus.
Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: “Onde está você? “

E ele respondeu: “Ouvi teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava nu; por isso me escondi.”

Saiba que Deus não se afastou de você!
Lá no jardim Deus certamente já sabia que Adão e Eva haviam pecado, mas Ele não Se afastou deles, pelo contrário, Ele foi vê-los como sempre o fazia. Deus sempre os procurava no fim do dia para com eles Se encontrar, conversar, Se relacionar, ter comunhão.
Veja que Adão disse que teve medo e por isso se escondeu de Deus!
Talvez este seja o modo como você tem vivido, preso à culpa do pecado, de ter traído a confiança de Deus, o  teu melhor amigo. O medo não está te ajudando, mas na verdade, está atrapalhando a solução do problema, pois pelo medo você está aprisionado.
O que o inimigo mais deseja é te deixar com tanta culpa e vergonha, um sentimento de indignidade, que te afaste ainda mais de Deus.
Enfrente a situação, não fuja nem se esquive da tua responsabilidade.
     E Deus perguntou: “Quem lhe disse que você estava nu? Você comeu do fruto da árvore da qual lhe proibi comer? “

Disse o homem: “Foi a mulher que me deste por companheira que me deu do fruto da árvore, e eu comi."  

Aqui o homem jogou a culpa na mulher, mas onde estava Adão enquanto Eva era tentada pela serpente? Em nenhum momento você vê Adão ajudando-a a resistir os argumentos do inimigo.
    “Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor; por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões.

Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado.
Pois eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me persegue.
Contra ti, só contra ti, pequei e fiz o que tu reprovas, de modo que justa é a tua sentença e tens razão em condenar-me.” 

Amados, quando temos uma atitude de humildade, Deus sempre estará pronto a nos ajudar. Se houver real arrependimento e um desejo real de mudança de caminho, de conduta, Deus não desprezará teu coração contrito, abatido e humilhado. Mas se teu coração for orgulhoso recusando o arrependimento, Deus não mostrará a mesma compaixão.
Assim como no jardim do Éden Deus não os acusou, nem mesmo agora Deus nos acusa, mas Ele nos mostra em Seu amor onde erramos, e esta é a chance de nos consertarmos.
Quando há arrependimento existe perdão e misericórdia. Não permita que a acusação do inimigo, o medo, a culpa, te afastem de Deus. O Senhor deseja restaurar tua vida a uma comunhão nova e melhor com Ele.
Por: André e Sara

***
(Postado por: MARCOS MARCELINO)


Nenhum comentário:

Postar um comentário