Tradutor do Blog

terça-feira, 13 de agosto de 2013

PERCORRENDO OS SALMOS: 'O TEMPO DETERMINADO'




Os meus dias são como a sombra que declina, e como a erva me vou secando.

Mas tu, SENHOR, permanecerás para sempre, e a tua memória, de geração em geração.

Tu te levantarás e terás piedade de Sião; pois o tempo determinado, já chegou [...]

Quando o SENHOR edificar a Sião, e na sua glória se manifestar.

SALMO 102.11-13,16


    Aqui está descrição de um homem em profundo abatimento e profunda solidão. Ele sente que sua vida está se esvaindo como o cair da noite e que lhe resta pouco tempo. Por isso, diz: Como a erva me vou secando. Talvez você possa se identificar com ele em alguma experiência por que já tenha passado. Nesse caso, o que faria?

    O homem descrito aqui agiu da maneira correta. Em vez de olhar  para si, pela fé, levantou os olhos para o Senhor, ao perceber que Ele não muda com as nossas circunstâncias. Ele está sempre em Seu trono. Nunca abdica do mesmo.

    Dessa nova perspectiva, veio uma revelação profética: o Altíssimo determinou um período de tempo para ter compaixão de Seu povo e restaurar-lhe o Seu favor. A palavra hebraica traduzida por tempo determinado é usada para denotar as festas religiosas do calendário de Israel, como a Páscoa, o Pentecostes e a Festa dos Tabernáculos. Da mesma forma, no calendário profético de Deus, está estabelecido um período específico na História humana para a restauração de Sião.

    Hoje, temos o privilégio singular de vivermos no tempo que o salmista previu. Isso é mais que um motivo de agirmos como ele! Olhemos para longe dos nossos problemas e de nossas ansiedades. Atentemos  para o Senhor no Seu trono e percebamos que Ele está reconstruindo Sião e preparando-Se para manisfestar-Se em glória.


RESPOSTA DE FÉ

Pela fé, olho para Ti, Senhor, em Teu trono, e sei que estás pronto para exercer a misericórdia.


***


(Postado por: MARCOS MARCELINO)







    



"Texto copiado do livro de Derek Prince* Percorrendo os Salmos" (Graça Editorial)




Nenhum comentário:

Postar um comentário