Tradutor do Blog

domingo, 2 de junho de 2013

EX-ATOR PORNÔ COM MAIS DE 300 FILMES, UMA MUDANÇA RADICAL

Giuliano Ferreira, fenômeno do cinema pornô nacional com mais de 300 filmes do gênero, hoje, vive da venda de Bíblias, livros, CDs e DVDs evangélicos e  pregando a Palavra de Deus por todo o país


Giuliano Ferreira, 34 anos, foi um fenômeno do cinema pornô nacional, tendo feito mais de 300 filmes do gênero. A fama lhe rendeu dinheiro e mulheres, mas nunca lhe supriu a ausência que tinha na alma e a angústia por ter enveredado por esse caminho, deixando para trás a infância e adolescência vivida em uma igreja evangélica.

Tudo começou aos 17 anos, quando engravidou uma namorada e, nove meses depois, já na maioridade, não sabia o que fazer para sustentar o filho que havia nascido. "Recebi um convite para dançar em casas noturnas e aceitei", lembra-se. Como dançarino na noite paulistana, o jovem fez sucesso e chegou até se apresentar no exterior. Em seguida, vieram os convites para atuar em filmes pornográficos. "Já não me lembrava das promessas de Deus para a minha vida e tinha a mente cauterizada", conta. No cinema pornô, Giuliano chegou a se tornar um dos atores mais requisitados do gênero, sendo convidado para atuar também na Europa.


SINAIS DO CÉU - Em 2003, porém, uma série de eventos desagradáveis começaram fazer com que repensasse a sua vida. O primeiro se deu quando retornava de uma viagem de avião e a aeronave teve uma das turbinas incendiadas. "Foi um grande susto. A mão de Deus começou a agir e pesar em minha vida". Nessa época, ele conheceu Claudimara, que trabalhava como secretária na escola onde havia matriculado seu filho, e começou o namoro. "Fui fazer um churrasco em comemoração ao aniversário dela e, enquanto preparava a churrasqueira, sofri um acidente. Fiquei com queimadura de terceiro grau pelo corpo".

Um terceiro fato viria a abalá-lo ainda mais: a suspeita de que teria o vírus da Aids, o qual teria sido contraído por meio do contato com algumas atrizes com quem havia trabalhado. Na esteira de tudo aquilo, Giuliano adquiriu uma grave infecção durante um procedimento para a retirada de um dente, que o levou a UTI de um hospital em Araraquara, no interior paulista, "Fiquei desesperado. Orei, pedindo a Deus que, se me livrasse do vírus [ HIV, transmissor da Aids], se me salvasse, pararia com tudo aquilo".

Assim ele fez. Tão logo se recuperou da infecção, Giuliano encerrou seus contratos e passou a congregar na Assembléia de Deus do Ministério Madureira, na cidade de Ribeirão Bonito, no interior de São Paulo. Os exames não constataram a presença do vírus em seu organismo, e a namorada, Claudimara, converteu-se e foi batizada nas águas. Eles se casaram e vivem hoje em Ribeirão Bonito com os filhos Matheus, 16 anos, e Daúd, 17, ambos frutos de relacionamentos anteriores do casal. Os dois trabalham vendendo Bíblias, CDs, DVDs e outros produtos evangélicos pela internet. Giuliano também se aprofundou no ministério, estudou Teologia, foi ordenado diácono e agora é evangelista: visita igrejas pelo país pregando a Palavra de Deus. "Escrevi uma biografia, intitulada 'Luz, câmera, ação e transformação'. Em breve, assim que conseguir uma editora, publicarei meu testemunho". Uma guinada e tanto na vida do ex-ator de filmes pornôs. 



Matéria de: Marcelo Santos


Giuliano Ferreira ministrando a Palavra
***

(Postado por: MARCOS MARCELINO)
















Fonte: Revista/ Graça Show da Fé 




Nenhum comentário:

Postar um comentário