Tradutor do Blog

quinta-feira, 2 de maio de 2013

CRENTES PODEM DOAR SANGUE E ÓRGÃOS?


Desde adolescente, tenho vontade de comunicar à minha família que, se algo acontecer comigo e eu vier a falecer, eles doem meus órgãos. No entanto, não tenho certeza se isso é certo. Existe alguma passagem na Bíblia que fala a respeito do assunto? Qual? E sobre a doação de sangue?

                                                                                                         R.R.S., Marechal Deodoro (A.L)

Fonte: Revista/Graça Show da Fé


Veja a resposta do missionário R.R.Soares

Clique nesse link abaixo:
R.: Nós, seres humanos, somos uma tríade, isto é, um espírito (essência) que possui uma alma (sentimentos) e habita em um corpo (físico). Quando alguém morre, o que acontece? O espírito separa-se do corpo, tanto é que a palavra grega traduzida como morte significa, em sua origem, separação. A Bíblia Sagrada descreve esse processo em Eclesiastes 12.7, texto que deixa bem claro como o Senhor Deus dispôs os elementos que usou na criação do homem (Gn 2.7; 3.19). Em outras palavras, o que realmente somos não é matéria, e sim espírito. Aquela se desfaz no pó da terra, mas este é eterno, pois veio diretamente de dentro do divino Criador, quando Ele soprou, nas narinas de Adão, o fôlego da vida. É notável que, tanto em hebraico (idioma do Antigo Testamento) como em grego (língua em que o Novo Testamento foi escrito), as palavras traduzidas em português para espírito também significam sopro. O apóstolo Paulo foi usado pelo Espírito Santo para falar sobre como será a ressurreição do corpo (1 Co 15.35-57; 1 Ts 4.16,17). Em seus escritos, vemos que o Senhor irá recriá-lo, transformando aquilo que hoje é matéria corruptível e mortal em um corpo espiritual, incorruptível e eterno. Diante disso, ninguém deve pensar que, se doar algum órgão, poderá ficar imperfeito na eternidade, pois o Pai celestial nada faz incompleto. Portanto, não há nenhuma razão para deixarmos de ser doadores; afinal, dessa forma, estaremos ajudando vários pessoas a terem um prolongamento de sua vida, dando-lhes, com isso, mais oportunidades de conhecerem Jesus e obterem a salvação. Não é exatamente essa a nossa missão?



R.R.Soares




Nenhum comentário:

Postar um comentário