Tradutor do Blog

sexta-feira, 10 de maio de 2013

ACESSO POR MEIO DA ADORAÇÃO




Vinde, cantaremos ao SENHOR! Cantaremos com júbilo à rocha da nossa salvação! 
Apresentemo-nos ante a sua face com louvores e celebremo-lo com salmos.
Ó vinde, adoremos e prostremo-nos!
Ajoelhemos diante do SENHOR que nos criou.
Se hoje ouvirdes a sua voz, não endureçais o coração.

                                                                                             SALMO 95.1,2,6,7b,8a



    Existe uma linda progressão aqui, que nos conduz à imediata presença de Deus. Começa com um triunfante louvor em alta voz de ações de graças: Cantemos com júbilo! Deus encoraja-nos a expressar livremente nossos louvores e nossas ações de graças. Todos nós precisamos da liberação espiritual que isso proporciona.

    Na sequência, temos uma mudança de tom: Ó vinde, adoremos e prostremo-nos! Ajoelhemos diante do SENHOR que nos criou. O louvor e ações de graças levam-nos à adoração. A adoração trata-se mais de uma atitude que de palavras. Devemos nos ajoelhar e prostrar diante de Deus. Todo nosso ser e toda nossa personalidade estão envolvidos. É quando nos unimos em submissão total e irrestrita ao Altíssimo.

    Quando entramos nessa atitude de ouvir Deus falar diretamente conosco. É por isso que o salmista diz: Se hoje ouvirdes a sua voz [...] Isso nos leva além de atividades como orar e ler a Bíblia, embora elas sejam importantes. Nosso espírito entra em comunicação direta com o Senhor!

    O caminho que o salmista descreveu aqui nos leva, por meio do louvor e de ações de graças, à adoração e à paz divinas. Esse caminho pode nos levar a um prazer e uma abundância inimagináveis para nossa mente natural. Nesse lugar, encontra-se as coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem são as que Deus preparou para os que o amam (1 Co 2.9).



RESPOSTA DE FÉ

Guia-me, Senhor, pelo caminho que me leva à Tua presença imediata.




"Texto copiado do livro de Derek Prince * Percorrendo os Salmos" ( Graça Editorial)



Nenhum comentário:

Postar um comentário