Tradutor do Blog

quarta-feira, 17 de abril de 2013

QUANDO O MEU PÉ VACILA




Quando eu disse: O meu pé vacila; a tua benignidade, SENHOR, me susteve. 
Multiplicando-se dentro de mim os meus cuidados, as tuas consolações reanimaram a minha alma.

                                                                                                                                 SALMO 94.18,19


    Há algo que me atrai em especial na descrição bíblica de Deus. É fato de Ele ser tão compreensivo! Apesar de conhecer nossas fraquezas, não nos rejeita por causa delas. O Todo-Poderoso não nos pede que mostremos a Ele ou ao mundo uma força que não tem base na realidade. Tudo o que o Senhor pede é que rendamos sinceramente a Ele tudo o que temos, não importando o quanto isso pareça inadequado. Além disso, a Sua graça nos basta.

    O meu pé vacila, disse o salmista. Ele estava na iminência de uma queda inevitável; não havia como se salvar. Porém, no momento em que reconheceu sua necessidade, Deus veio ao seu socorro: A tua benignidade, SENHOR, me susteve. Aqui está um exemplo para cada um de nós recordar. Quando o nosso pé começar a vacilar e tivermos perdido o controle, Deus não pedirá que tentemos salvar a nós mesmos. Teremos apenas de expor nossa necessidade a Ele para o Seu amor sustentar-nos e apoiar-nos.

    No versículo seguinte, o salmista descreve sua reação quando ao que sentiu: Multiplicando-se dentro de mim os seus cuidados, as tuas consolações reanimaram a minha alma.

    É em tempos de imensa ansiedade que o Pai celestial inunda a nossa alma com Sua abundante alegria. Na verdade, quando maior a pressão, mais maravilhosa é a nossa experiência com o consolo de Deus.

    Em 2 Coríntios 1.8b,9, Paulo descreve uma experiência exatamente assim: Fomos sobremaneira agravados mais do que podíamos suportar, de modo tal que até da vida desesperamos. Mas já em nós mesmos tínhamos a sentença de morte, para que não confiássemos em nós, mas em Deus, que ressuscita os mortos.


RESPOSTA DE FÉ 


Quando o meu pé começar a vacilar, Senhor, ajuda-me a me lembrar do Teu amor por mim.





"Texto copiado do livro de Derek Prince * Percorrendo os Salmos (Graça Editorial)





Nenhum comentário:

Postar um comentário