Tradutor do Blog

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

FORÇA QUE NUNCA FALHA




A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração e a minha porção para sempre.

                                                                                                                      SALMO: 73.26

    Para aqueles que andam pela fé, existe uma tensão contínua entre dois tipos de vida: uma é visível e externa; a outra, invisível e eterna. A externa é temporária, não permanece. Mas existe algo no interior de todo o cristão e que é eterno - algo de Deus que está ligado diretamente a Ele, que não se corrompe com o tempo.

    Paulo escreve essa tensão a partir de sua experiência: Por isso, não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia. Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas (2 Co 4.16,18).

    Essas palavras sempre me lembram de Lydia, minha primeira esposa. No final de sua vida, ela sofreu de fraqueza no coração, apesar de ter sido surpreendentemente forte e ativa, praticamente até sua última semana na Terra.

    Às vezes, ela sentia seu coração falhar, mas sempre dizia: "A minha carne e o coração desfalecem, mas Deus é a fortaleza do meu coração e a minha porção para sempre!". Com ela, aprendi a lição de que não devemos deixar que o exterior influencie o interior. Na vida entregue ao Pai celeste, existe uma fonte interior de força que não está sujeita às fraquezas e variações do nosso corpo físico.

    Deus chamou Lídya para Casa, em tremenda vitória, depois de 50 anos de serviço cristão ativo e frutífero. Ela deixou para trás o testemunho de uma vida que demonstrou a supremacia do interior sobre o exterior. Ela aprendeu como manter seu interior ligado a Deus, a verdadeira Fonte de força.


RESPOSTA DE FÉ

Senhor, ajuda-me a viver de tal maneira, que o temporal nunca influencie o que é eterno.



"Texto copiado do livro de Derek Prince *Percorrendo os Salmos" (Graça Editorial)


Nenhum comentário:

Postar um comentário