Tradutor do Blog

terça-feira, 9 de outubro de 2012

O NAVIO DE DEUS

Por: Max Lucato

Deus ama o meu próximo e faz dele meu irmão

DEUS recrutou-nos para fazer parte da Sua marinha e colocou-nos em Seu navio. A embarcação tem um propósito: transportar-nos em segurança até a outra praia.

Não se trata de um navio de cruzeiro; trata-se de um navio de guerra. Não fomos chamados a uma vida de ócio; fomos chamados a uma vida de serviço. Cada um de nós temos uma tarefa diferente. Alguns, preocupados com os que estão se afogando, resgatam as pessoas da água. Outros estão ocupados com o inimigo, por isso manejam os canhões de oração e adoração. Há ainda aqueles que se dedicam à tripulação, alimentando e treinando o pessoal.

Embora diferentes, somos iguais. Cada um de nós tem uma história para contar a respeito de um encontro pessoal com o capitão, porque cada um de nós recebeu um chamado particular. Ele nos encontrou entre barracos do porto e encorajou-nos a segui-lo. Nossa fé nasceu no momento em que vimos sua ternura, e o acompanhamos.

Nós O seguimos pela prancha da Sua graça e embarcamos no mesmo navio. Há um capitão e um destino. Embora a batalha seja violenta, a embarcação é segura, porque nosso capitão é Deus. O navio não afundará. Quanto a isso não há nenhuma preocupação.

                                                                                                                 Nas Garras da Graça


Fonte: Na Jornada com Cristo

Nenhum comentário:

Postar um comentário