Tradutor do Blog

terça-feira, 16 de outubro de 2012

DEUS NÃO É GARÇOM!



Por: Daniel Simoncelos


Em algumas igrejas está sendo pregado que se você der 10% do que ganha para "deus" (o deus criado por eles) então você poderá exigir o que quiser e ele te dará. Em outras palavras, estão dizendo que se você der 10% para ele, ele te servirá. Essa não é a função de Deus e sim de um garçom. Devemos sim dar o dízimo, porém devolvendo a Deus algo que não é nosso, e não visando receber algo em troca.

No meio "evangélico" hoje impera a idolatria por um deus que não é o verdadeiro Deus. O deus criado pelos falsos cristãos é um deus que os serve, que precisa deles e que está limitado ao tempo e ao espaço (dado que está mais preocupado com o aqui e o agora).

O Único e Verdadeiro Deus é Soberano sobre tudo e não muda os seus planos. Ele não atende orações egoístas e mesquinhas. Não faz barganhas e nem troca favores. Deus é Onipotente e não precisa de nada, nem de nossa adoração para ser completo. Entretanto, ele nos ama profundamente, mais do que um pai ama um filho, mesmo quando esse filho é apenas um filho esbanjador e interesseiro.

O Único e Verdadeiro Deus é Gracioso e Bondoso, Ele quer dar o melhor para os seus filhos. Tem prazer em honrá-los e abençoá-los, porém Ele faz apenas o que é melhor para seus filhos. Mesmo que seja a correção. Nós não sabemos orar como convém justamente porque não sabemos o que é melhor para nós. E estas falsas igrejas cristãs dizem que o deus deles deve fazer tudo aquilo que eles decretarem. Eles estão em idolatria, pois o deus deles não é o Deus da Bíblia.

A idolatria evangélica  gira em torno de um deus que é o próprio ego. Onde tudo o que você deseja está no centro. O deus criado ali deve te ouvir e te atender, caso contrário você não vai mais dar seus míseros 10% ou mais (mesmo que fosse tudo). Não está muito diferente do que alguns católicos fazem com seus santos. Quando o santo Antônio não atende alguma mulher encalhada, ela vira ele de cabeça para baixo para ver se ele aprende a fazer as coisas direito. Essa religião não é cristã.

O Deus verdadeiro é temido, Ele é fogo consumidor,diante dEle não há espaço para mesquinharia, prepotência, egocentrismo. Qualquer ser humano que esteja diante desse Deus Santo dobrará seus joelhos e haverá temor em seu coração. Saber que estamos diante de um Deus que é Eterno, Soberano, Onipotente, nos traz temor. Ao mesmo tempo que saber que estamos diante de um Deus Justo, Bom, Amoroso, Misericordioso, Onisciente, nos trás a certeza de que tudo que Ele fizer será o melhor.

O verdadeiro cristianismo dobra os seus joelhos e diz Amém, que seja feita a Sua vontade! Jamais faça a minha!

Que tipo de cristianismo é o seu?



Fonte: Gospel +

Nenhum comentário:

Postar um comentário