Tradutor do Blog

terça-feira, 25 de setembro de 2012

O TOQUE QUE MUDA TUDO

E estendeu o SENHOR a mão, tocou-me na boca e disse-me: Eis que ponho as minhas palavras em tua boca.

                                                                                              JEREMIAS: 1.9


O profeta Jeremias, mesmo tendo sido formado pelo próprio Deus, precisava do toque divino, o qual o capacitaria a assumir e fazer a obra para qual ele fora chamado e preparado pelo seu Criador. O Senhor não deixou de convencê-lo, de estender Sua mão, tocar sua boca e de lhe falar que estava pondo Suas palavras nos lábios dele (Jr 1.5-7,9).

Cada filho de Deus deve procurá-Lo para que seja preparado e a obra se complete. O primeiro ato da nossa preparação espiritual ocorre quando o Senhor nos convence de nossa condição perdida (Rm 3.23,24). Quem não passa por esse entendimento, mas, mesmo assim, é agregado à igreja, comete dentro dela as mesmas práticas que adotava no mundo, tornando-se, portanto, motivo de vergonha e maldição, ao invés de ser uma benção na casa de Deus. Um agravante, porém, é que esse péssimo exemplo pode ser imitado por outros, e, por conseguinte, a obra do Senhor corre risco de ficar prostituída e malfalada.

A mão estendida do Senhor livra-nos do império das trevas. Quem se converte arrependo-se verdadeiramente, é transportado para o Reino do Senhor Jesus (Cl 1.13) e, então, como nova criatura, começa a aprender o caminho de Deus. Crendo nas revelações que vem pela Palavra, o novo convertido se fortalece e, com isso, pode ocupar seu lugar em Cristo. Esse é o alvo que todo o Cristão deve perseguir.

O toque do Senhor em nossa boca nos capacita a realizar a obra, concretizada por meio das declarações que emitimos diante das adversidades, bem como pelas oportunidades que o Senhor nos concede e por Suas promessas a nós. Com o toque divino, também nos é tirada a contaminação do mundo, a qual faz com que as pessoas só profiram palavras negativas e perniciosas. Por meio dessa ação do Senhor sobre nós, temos condições de nos tornar arautos da verdade.

É bom prestar atenção ao que o Altíssimo declara, pois é na voz dos Seus lábios que temos condições de nos afastar das veredas do destruidor. Ele coloca Suas palavras em nossa boca, e, então, no ministério que Ele nos deu, podemos executar a obra para qual fomos convocados. Quando somos autorizados pelo Senhor Deus, não temos de temer aqueles a quem daremos o recado dos Céus (Jr 1.8).

Após esse processo , temos de somente avançar e cumprir nossa chamada. Fomos tirados das trevas para sermos luz no Senhor, e cabe a nós fazer brilhar essa luz o tempo todo. Nesse sentido, jamais se envolva como os negócios deste mundo, porque eles são incompatíveis com os assuntos do Reino de Deus. O sucesso reside na obediência aos mandamentos divinos.


Em Cristo com amor, R.R.Soares






Mensagem publicada pelo site:  ongrace.com


Fonte: Portal Ongrace

Nenhum comentário:

Postar um comentário