Tradutor do Blog

terça-feira, 11 de setembro de 2012

O SEGREDO DE ANA

Ela, pois, com amargura de alma, orou ao SENHOR e chorou abundantemente.

                                                                                                      1 SAMUEL: 1.10


O exemplo de Ana deve ser analisado e seguido. Ela não se deixou levar pelo lado natural das coisas, mas fez algo que a tornou uma heroína na fé. Todos têm sua oportunidade de também fazer algo que os destacará dentre os demais. No entanto, muitos se deixam vencer pelo cansaço, pelas tentativas frustradas e pela falta de resposta de Deus. Já os que vivem da fé nunca aceitam um "não"como resposta.

A primeira atitude boa que Ana tomou foi levantar-se e buscar a presença divina. Não há problema que Ele não resolva, não há dor que o Altíssimo não cure nem promessa que Ele não cumpra. Portanto analise qual é a sua dificuldade - o que o tem atrapalhado -, levante-se com coragem e, decididamente, dê o primeiro passo em direção à solução. Ficar parado e, ao mesmo tempo, aceitar o que contradiz a Palavra são atitudes que não o levarão a lugar algum.

Quando a alma está amargurada, a libertação pode estar perto; quando a noite está mais escura, o amanhecer está mais perto. Sendo assim, não se deixe levar pelas mentiras do inimigo nem dê a ele a oportunidade de frustrar seus planos. Seja firme na fé e não olhe para o que aparentemente é verdade, mas, sim, para o que, de fato, é a verdade. Ana não ficou sentada, frustrada, mas se levantou para cumprir o plano divino.

O caso de Ana não era brigar com seu esposo - Elcana - ou com outra esposa dele, Penina; seu problema tinha de ser resolvido pelo Senhor. Na realidade, Ana sabia que o plano de Deus não podia ser frustrado devido a sua esterilidade. O mesmo precisa ocorrer com você, pois o que tem sentido ser do Pai é o que Ele quer fazer para honrar o que declarou a seu respeito. O Criador o ajudará e cumprirá a vontade divina em sua vida se você se assumir diante dEle.

Não é preciso ensinar ao Senhor, pois Ele tudo sabe. Se Ana não tivesse orado com fé e determinação, aberto o coração até o ponto de não ter mais palavras, mas lágrimas, não teria conseguido o cumprimento da promessa do Altíssimo. Para ela, não importava o problema físico, pois o Deus a quem amava era poderoso para curá-la e fazer dela uma amável mãe de família. Ela teve o seu desejo realizado porque orou e não desistiu.

Interceda você também! A oração da fé feita por um justo pode muito em seus efeitos (Tg 5.16b). Os que são de Deus já venceram a carne, o pecado e as demais operações do inferno. Siga o exemplo de Ana, que, mesmo com amargura de alma, orou. Não deixe nada o impedir de se firmar na fé. O Altíssimo sempre será com os que creem na sua capacidade de fazer justiça e operar maravilhas.


Em Cristo com amor, R.R.Soares






Mensagem publicada no site:  ongrace.com


Fonte: Portal Ongrace 

Nenhum comentário:

Postar um comentário